"Hoje acordei para ser feliz, nada menos que isso."

segunda-feira, 28 de dezembro de 2009

Cama e Mesa...




Quero que fique quietinha,
Na espreita do que te espera
Que obedeça a quem deseja
E não será com surpresa
Que dócil e indefesa
A Presa domine a Fera!
Eu vou beber da sua boca
E nela vou respirar
Vou viajar nesse corpo
Soltar amarras do porto
Quero sentir seu gosto
Misturado ao paladar.
Tu serás meu prato exótico
Vou provar suas sensações,
Vou provar cada mistura
E conseqüentes reações,
Seus sabores variados
Em variadas regiões!
Eu hei de ver em seus olhos
Que assim feliz eu te faço
Sentir na respiração,
No pulsar do coração
Na limiar da excitação
E na cadência dos gemidos
Que é eu;
Quem marca o compasso!
Deitado sobre esse corpo
Escorregadio, suado;
Eu quero cama amassada
Eu quero lençóis molhados,
Fêmea no cio e feliz
E assim seu corpo me diz:
“Foi o desejo aplacado”!
Aí, te olhando nos olhos
Com a ternura que tens
Eu vou te beijar na boca,
Como não beijo ninguém
Provarás do seu sabor
E provavelmente agora
Eu trema a voz nessa hora
Mas vou chamar-te de amor!


JJ.Braga Neto

Um comentário:

  1. Uai sô, fiquei honrado em encontrar meu Cama e Mesa aqui!
    beijo-te.

    ResponderExcluir